Artigos

MAIO COLOCA NOVAMENTE PORTUGAL EM SECA SEVERA

MAIO COLOCA NOVAMENTE PORTUGAL EM SECA SEVERA

De acordo com os dados divulgados pelo IPMA, o mês de maio foi o mais quente dos últimos 92 anos, tendo sido superior em +3.47ºC ao valor registado no mesmo período entre 1971-2000. Em contraponto, o valor médio da quantidade de precipitação registada neste mês foi de 8.9mm, muito inferior ao valor normal 1971-2000, correspondendo a apenas 13%. Segundo o índice PDSI, 97% do território português está agora em situação de seca severa.

LISBOA JÁ ESTÁ EM CONTAGEM DECRESCENTE PARA RECEBER A CONFERÊNCIA DOS OCEANOS DAS NAÇÕES UNIDAS

Adiada desde 2020, a 2ª edição da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas (UNOC) terá lugar em Lisboa entre os dias 27 de junho e 1 de julho. Coorganizada pelos governos de Portugal e do Quénia, a Conferência dos Oceanos tem lugar no Altice Arena, no Parque das Nações, e espera-se que marque uma nova era na ação mundial sobre os oceanos.

PRÉMIOS VERDES DISTINGUEM 25 PESSOAS, INVESTIGAÇÕES E PROJETOS NA ÁREA DO AMBIENTE

Na cerimónia de entrega dos Prémios Verdes foram atribuídos 11 prémios e 14 menções honrosas aos projetos, instituições e pessoas que fazem a diferença na proteção do ambiente e no desenvolvimento sustentável em Portugal. A cerimónia, que decorreu na Fábrica de Água de Alcântara, realizou-se no dia 5 de junho, por ocasião das celebrações do Dia Mundial do Ambiente.

Portugal em situação de seca no final de abril

No final do mês de abril, Portugal continental encontrava-se em situação de seca, sendo que a maior parte do território (87,2%) estava em seca moderada. Os dados do IPMA revelam ainda que o valor médio da de precipitação durante o mês de abril (58.3 mm) foi inferior em 74% ao valor registado no mesmo período entre 1971-2000. 

Em Destaque

ÁGUA DA TORNEIRA. A SUA ESCOLHA.

O gesto de consumirmos água da torneira, é um dos comportamentos mais sustentáveis que podemos ter.

CHEFS CIRCULARES

Desde a década de 1960, a população mundial cresceu mais de 4 biliões de pessoas e a procura global por água doce mais do que duplicou.

REUTILIZAÇÃO DE ÁGUA

O consumo crescente de água nas diferentes finalidades, como sejam o abastecimento público, a produção agrícola e pecuária, a indústria e os usos recreativos, entre outros, tem vindo a impor uma pressão crescente sobre os recursos hídricos.

O MONSTRO DOS ESGOTOS

O lixo não deve ser despejado pelo cano ou na sanita. Além de poder provocar entupimentos nos esgotos domésticos, quando chega às Estações de Tratamento de Águas Residuais, pode transformar-se num "monstro" de grandes dimensões.

República Portuguesa | Ambiente e Ação ClimáticaENEA 2020Fundo AmbientalÁguas de PortugalAPA -  Agência Portuguesa do Ambiente